Saúde

Força Nacional do SUS e Secretaria Municipal de Saúde promovem mutirão de atendimentos em Porto Alegre

A Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FN-SUS) e a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre realizam, nesta terça-feira (11), um mutirão de atendimentos nas ilhas da capital gaúcha.

Três equipes, sendo duas da Força Nacional, foram mobilizadas para assistirem moradores das ilhas da Pintada, dos Marinheiros e das Flores. Ao todo, 8 mil pessoas vivem na região. Uma equipe ficará fixa na Ilha da Pintada. Outras duas, farão atendimentos volantes. O objetivo da ação é atualizar atendimentos de rotina e socorrer casos ligados aos desdobramentos da enchente.

A região das ilhas em Porto Alegre ficou isolada por mais de 30 dias. Lá, equipamentos de saúde como unidades básicas, as UBSs, foram totalmente destruídas.

O secretário municipal de Saúde, Fernando Rittner, afirma que a ação é essencial para retomar os atendimentos que foram impactados com as cheias de maio. “A união de forças é essencial neste momento. Atualmente, entre as nossas prioridades, está a região das ilhas”, comentou.

Atendimentos no RS

Desde 5 de maio, a Força Nacional do SUS atua no Rio Grande do Sul. Ao todo, mais de 12,9 mil atendimentos foram realizados no estado. O Ministério da Saúde mantém quatro hospitais de campanha em funcionamento. As unidades recebem pacientes 24 horas.

Somente as equipes volantes, aquelas que se deslocam pelo território, realizaram mais de 3 mil atendimentos até o momento. Atualmente, quatro municípios contam com esse tipo de assistência.

O Rio Grande do Sul sofre com o efeito das severas enchentes que atingem o estado desde o final de abril. Ao todo, 97% do território gaúcho foi atingido.

Deixe um comentário