Política

Kassio Nunes Marques, ministro indicado por Bolsonaro nega habeas corpus.

Cinco ministros já acompanharam o voto do relator Kassio Nunes Marques, ministro indicado por Bolsonaro em 2020.

O magistrado argumenta que não há “ilegalidade evidente” que justifique a concessão do benefício preventivamente, sendo seguido pelos ministros Flávio Dino, Cristiano Zanin, Dias Toffoli, Edson Fachin e Cármen Lúcia.

Deixe um comentário