Geral

No município de Tabatinga, no Amazonas, 271 casais indígenas participaram de um casamento coletivo

DIREITOS CIVIS | No município de Tabatinga, no Amazonas, 271 casais indígenas participaram de um casamento coletivo nesta terça-feira (14). Dez tradutores da Funai ajudaram na cerimônia. A certidão de casamento foi entregue na mesma hora aos casais.

O casamento foi promovido pelo Conselho Nacional de Justiça, que realiza, até esta sexta-feira (17), a Semana Nacional do Registro Civil – Registre-se! A ação também possibilita a expedição de outros documentos, como certidões de nascimento e de óbito, RG e CPF.

Durante a cerimônia, o ministro Luis Felipe Salomão, corregedor nacional de Justiça, assinou provimento permitindo a inclusão do nome indígena na certidão de nascimento, tornado possível colocar a etnia como sobrenome no documento. O nome da aldeia também poderá ser incluído como local de nascimento.

Deixe um comentário