TJPI reduz número de presos provisórios

O Tribunal de Justiça do Piauí, através de seu Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário- GMF, alcançou a redução do percentual de apenados em situação provisória no Estado para 56%.

A diminuição do quantitativo de presos provisórios, que já atingiu 70% do total de detentos no Piauí, foi obtida por meio da coleta de dados da Secretaria de Estado da Justiça e sua conferência com as informações das varas criminais.

Os números atualizados foram informados pelo desembargador Erivan Lopes, Coordenador Geral do GMF, ao Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, do Conselho Nacional de Justiça.

Para o desembargador Erivan Lopes, a queda do percentual retira o Piauí da incômoda posição do Estado com o maior número de presos provisórios do Brasil, mas, ainda não é satisfatória e será objeto da atuação do GMF neste ano de 2015, com a realização de atividades para a obtenção de maior redução do total de institucionalizados nos presídios, em especial a realização de esforço concentrado de julgamento de processos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *