Mutirões devem realizar 12 mil cirurgias de catarata no Piauí

A secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) aprovou, junto à Comissão Intergestores Bipartite do Piauí (CIB), a agenda de cirurgias eletivas que serão realizadas por meio de mutirões em 2022, com previsão de 12 mil cirurgias de catarata.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, as cirurgias de catarata fazem toda a diferença na qualidade de vida da população. “No ano passado conseguimos realizar nove mil cirurgias de catarata no Piauí por meio dos mutirões. Este ano, vamos aumentar para 12 mil cirurgias, graças a emendas de parlamentares piauienses que somam R$ 28 milhões. Serão 12 mil piauienses que vão voltar a enxergar”, enfatiza o gestor.

Participaram da reunião, a Diretora da Divisa, Tatiana Chaves; o Superintendente do Hospital Universitário da UFPI, Paulo Márcio; o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gilberto Albuquerque; a vice-presidente do Cosems e Secretária Municipal de Saúde de Miguel Alves, Leopoldina Cipriano; a Coordenadora Geral do Samu, Christianne Moura Fé; e a Gerente de Atenção à Saúde Mental, Virginia da Silva.

Durante a reunião da CIB, foram aprovadas ainda a expansão do Samu Estadual com implantação de uma Unidade de Suporte Avançado para a cidade de Luzilândia e uma Unidade de Suporte Básico para os municípios de Curral Novo do Piauí e Jardim do Mulato; e o aumento do teto de financiamento da média e alta complexidade da oncologia em Teresina.

Além do financiamento e recursos de incremento para estruturação do Centro de Parto Normal do Hospital Pedro Vasconcelos, localizado em Miguel Alves; implantação da equipe multiprofissional de Atenção Especializada em Saúde Mental nos municípios de Demerval Lobão, Jerumenha e Arraial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.