“Eleições limpas e sem vale tudo”, diz governador após fala de Bolsonaro

O governador Wellington Dias (PT) defendeu a realização de eleições limpas e sem vale tudo, em 2022. A declaração do petista foi dada à imprensa após ameaças do presidente Jair Bolsonaro (sem aprtido), sobre a possibilidade do pleito do próximo ano não ocorrer, se não houver autorização para o voto impresso. 

Segundo o governador, o processo eleitoral do país por meio da urna eletrônica é moderno e seguro. “Eleições limpas seguem regras democráticas sem vale tudo. As eleições são limpas e seguras com o voto eletrônico e seguem regres de fiscalização .Nada de passo para trás”, disse.

Várias lideranças políticas reagem as declarações do presidente Bolsonaro que insiste que houve fraude na eleição de 2014, quando Dilma Rousseff (PT) foi reeleita ao vencer o tucano Aécio Neves. Porém, Bolsonaro nunca apresentou provas de fraude.

Dirigentes de oito dos principais partidos do país também reagiram às investidas. O comunicado é assinado por ACM Neto (DEM), Baleia Rossi (MDB), Bruno Araújo (PSDB), Eduardo Ribeiro (Novo), José Luís Penna (PV), Luciano Bivar (PSL), antigo partido de Bolsonaro, Paulinho da Força (Solidariedade) e Roberto Freire (Cidadania).

Em nota, os partidos reafirmam confiança no sistema eleitoral realizado por meio de urna eletrônica. Os líderes também declaram que a oposição será firme a quem ameaçar o sistema democrático. 

Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *