MANIFESTAÇÃO: Bolsonaro lidera passeio de moto em seu apoio na cidade de São Paulo; foram milhares de apoiadores

Como já era previsto o presidente Jair Bolsonaro( sem partido) participou de evento organizado por apoiaodores nesta manhã, 12, um novo passeio de moto agora realizado na cidade de São Paulo, capital. Bolsonaro, cumpria agenda oficial na cidade, e foi ao encontro  dos apoiadores após participar da cerimônia de entrega de boinas aos estudantes do Colégio Militar de São Paulo. Houve manifestações de apoio ao Presdiente e manifestações contrárias ao governado de São Paulo, João Dória(PSDB).

Os motociclistas se concentraram na região da Praça Campo de Bagatele, na zona norte paulistana. Há informações de que o evento foi organizado por integrantes de clubes de tiro e de motociclismo do interior de São Paulo e de Estados vizinhos.

O ato seguiu da região do Sambódromo pela Marginal do Tietê até a Rodovia dos Bandeirantes, onde o grupo foi até o trevo do km 62, na altura de Jundiaí, e retornou em direção ao Ibirapuera, onde Bolsonaro discursou em um carro de som.

Imagem da Band News mostra um pequeno acidente durante o evento 

Como foi

O trajeto passa por grandes avenidas da cidade, como as marginais Tietê e Pinheiros, até ser encerrado no Parque Ibirapuera, na zona sul paulistana. O grupo passou ainda pela Rodovia dos Bandeirantes até a altura do município de Jundiaí, na Grande São Paulo.

A Secretaria de Segurança Pública de Estado de São Paulo informou que 6,3 mil policiais fazem a segurança durante o ato. Segundo a pasta, estão sendo usados viaturas, motocicletas, drones e helicópteros.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interrompeu a circulação de veículos em alguns pontos para facilitar o trânsito dos motociclistas. Linhas de ônibus foram desviadas.

São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo  informou no início da tarde que autuou Bolsonaro ainda   manhã deste sábado após equipes da Saúde e Segurança Pública flagrarem o presidente sem máscara durante uma manifestação na capital. O valor da autuação é de R$ 552,71.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, também recebem autuações no valor de R$ 552,71 para cada devido ao não uso de máscaras.

O documento endereçado às três autoridades pontua a necessidade da manutenção das medidas preventivas já conhecidas e preconizadas pelas autoridades sanitárias internacionais, como uso de máscara e distanciamento.

O uso de máscaras é obrigatório no Estado de São Paulo desde maio de 2020, conforme Decreto nº 64.959 e resolução SS 96.

Balanço

A Vigilância Sanitária Estadual realizou, de 1º de julho de 2020 a 31 de maio de 2021, 312.444 inspeções e 7.340 autuações por diversas infrações às normas de prevenção da COVID-19.

O descumprimento das regras de funcionamento sujeita os estabelecimentos à autuações com base no Código Sanitário, que prevê multa de até R$ 290 mil. Pela falta do uso de máscara, a multa é de R$ 5.294,38 por estabelecimento, por cada infrator. Transeuntes em espaços coletivos também podem ser multados em R$ 552,71 pelo não uso da proteção facial.

A Secretaria de Segurança Pública do estado de SP anunciou nesta tarde que o reforço no policiamento em razão do passeio de moto com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), custou R$ 1,2 milhão aos cofres públicos. A ação teve a participação de 1.433 policiais, com a atuação de batalhões territoriais e especializados, como Baep, Choque e Canil, além de equipes do Corpo de Bombeiros e do Regaste.

( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *