CPI DA PANDEMIA: Marcelo Queiroga disse Luana Araújo não “harmonizava” e negou veto do Palácio do Planalto

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse na CPI da Pandemia no Senado nesta terça-feira, 8, que a médica epidemiologista Luana Araújo, indicada para a Secretaria Extraordinária de Enfrentamento do covid-19 do Ministério da Saúde não foi confirmada no cargo por veto do Palácio do Planalto, mas por decisão dele próprio, que entendeu que ela, apesar de competente, não “harmoniza” .  Ele disse que a escolheu pelo perfil e que ela não era a primeira opção para o cargo.

“Ela fazia parte de um grupo, e eu percebi que ela tinha um desempenho satisfatório. A Dra. Luana não foi o primeiro nome em que eu pensei. O primeiro nome – inclusive, anunciei – foi o da enfermeira Francieli Fontana, que é a coordenadora do PNI, mas, depois, sopesamos. Como a função da enfermeira Francieli é uma função estratégica lá no PNI, achei que, se eu a tirasse do PNI, eu poderia desfalcar o PNI. E aí busquei o nome da Dra. Luana Araújo. Em face dos desdobramentos, eu entendi que, no momento, não seria o perfil mais adequado para ficar à frente da pasta. Foi só isso.”, disse

O senador Eduardo Braga(MDB-AM) lembrou que a médica epidemiologista Luana Araújo informou no colegiado que deixou de ser confirmada para o cargo de Secretária Estraordinária de Enfrentamento do Covid-19  por conta de um veto do Palácio do Planalto.  Queiroga disse que isso não era correto.

“Senador, eu volto a esclarecer: não houve óbices formais da SeGov e da Casa Civil.”, disse. Queiroga afirmou que não houve “óbice legal”.    Ele foi questionado pela senadora Eliziane Gama(Cidadania-MA) por que não quis manter Luana Araújo no cargo. Ele disse que Luana Araújo não “harmonizava”.

“Porque, Senadora, eu entendi que, em face do perfil da Dra. Luana, a despeito de ela ser uma pessoa muito qualificada, por quem temos muito apreço, não ia contribuir comigo para harmonizar as questões que são discutidas aqui acerca de tratamento inicial “, disse.

( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *