Robert Rios divulga lista de vereadores e a Câmara prepara nota de repúdio

Um novo mal-estar entre a os vereadores de Teresina e a Prefeitura de Teresina. Dessa vez, o pivô da crise é o secretário de Finanças Robert Rios.

A desavença começou depois que o vice-prefeito divulgou a relação dos vereadores que mais empregaram terceirizados na gestão do ex-prefeito Firmino Filho ( PSDB). Na lista aparecem vereadores que se reelegeram e outros que já deixaram a Casa.

Os vereadores Evandro Hidd e gestores que já deixaram a Casa como Samuel Silveira e Joninha são apontados como os que mais indicaram terceirizados. A deputada Lucy Soares também é citada.

Os vereadores ficaram revoltados com a situação. Eles cobram do presidente Jeová Alencar uma posição sobre o caso. Os parlamentares querem apresentar uma nota de repúdio. O assunto vai ser discutido em um almoço ainda hoje.

A nota será apresentada em nome da Casa e será colocada para votação na sessão da próxima quarta-feira (26). Em entrevista à coluna, Jeová diz que a declaração foi desnecessária.

“E uma declaração desnecessária. Os vereadores estão me chamando para conversar. Teremos um almoço hoje para conversa. Depende da vontade da maioria. Mas entendo que no momento o principal é trabalhar pela cidade”, afirmou.

Os vereadores também se mostraram incomodados com a forma como Dr. Pessoa tratou a questão da indicação do comando das Unidades Básicas de Saúde. Eles afirmam que ficou parecendo que votaram a reforma administrativa para conseguirem cargos.

Segundo vereadores que falaram com a coluna, incomodou a forma como o vice-prefeito falou do assunto. Eles viram um tom de deboche com a Casa.

A decisão sobre a nota de repúdio não é consenso. Alguns vereadores estão com receio de se iniciar uma verdadeira “guerra” entre a Câmara e a Prefeitura. Há vereador que afirma que a Câmara teria outras formas de responder, principalmente, na hora das votações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *