Em reunião, governador diz que meta é alfabetizar 200 mil em dois anos

O governador Wellington Dias se reuniu, nessa quarta-feira (23), com o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, e superintendentes da Seduc para tratar do Programa Pró Educação, um dos eixos de desenvolvimento do Pro Piauí, o maior plano de investimentos para o desenvolvimento do estado.

De acordo com o secretário da Educação, os gestores estão centrados na organização da rede de educação. “Além da entrega dos prédios equipados, estamos focados em oferecer uma educação de qualidade, condizente com as necessidades de cada município piauiense”, comentou Ellen Gera.

O gestor explicou que haverá uma adaptação da rede de educação de acordo com as especificidades dos municípios e que, além do ensino regular e profissionalizante, a rede de ensino de jovens e adultos será priorizada. “Temos um desafio de nos próximos dois anos alfabetizar mais de 200 mil piauienses maiores de 15 anos que ainda não são alfabetizados”, contou o secretário.

Para o governador, a meta é garantir também as condições de empregabilidade. “Pessoas que paralisaram os estudos por alguma razão e mesmo aquelas que concluíram o ensino médio, mas que ainda não têm uma profissão, poderiam fazer os cursos de curta e média duração, para garantir uma profissão dentro daquilo que tem mais oportunidade, seja com um emprego seja com o empreendedorismo”, disse Wellington.

Dias explicou que esses cursos podem ser de forma direta ou por mediação tecnológica e que estão sendo pensados de acordo com a necessidade de cada região. “Hoje temos regiões com a área relacionada à energia éolica, energia solar, manutenção de fibras, profissões que não tínhamos na rede cursos voltados para elas. Agora, nesse planejamento, vamos permitir a oferta de cursos relacionados a essas áreas. Será o casamento entre a formação e a necessidade, com certeza que, ao concluir um curso, há maiores chances desses profissionais entrarem rapidamente no mercado”, comentou o gestor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *