Zona Leste registrou maior índice de isolamento no domingo; média ficou em 56%

A zona Leste foi a região que mais obedeceu ao decreto de isolamento social neste domingo, de acordo com dados da startup In Loco. O índice ficou em 57,08% de pessoas que permaneceram em casa. As zonas Sul e Norte registraram os mesmos percentuais, de 55,78%, enquanto na zona Sudeste os índices chegaram a 55,59%.

Os dados foram considerados positivos, já que na média geral, o domingo chegou a ter 56,2% de isolamento social, três pontos percentuais maiores que o domingo anterior e um dos maiores registrados nos últimos 30 dias. No sábado, os números também foram positivos, chegando a 50,2%, bem maiores que os 41,8% registrados no sábado anterior.
PUBLICIDADE

A In Loco mediu também os percentuais por bairros. Ininga (63,6%), Bom Princípio (63,53%), Macaúba (63,03), São João (63%), Centro (62,22%), Noivos (62,65%), Recanto das Palmeiras (60,88%), Horto (60,53%), Distrito Industrial (59,95%), Brasiliar (59,8%), registraram os melhores índices. Na outra ponta está bairros como o Parque Jacinta (36,7%), Pedra Miúda (46,8%), Cabral (50%), Acarapi (50,5%), São Joaquim (50,77%).

O prefeito Firmino Filho destacou o avanço das taxas de isolamento. “Tivemos esse aumento significativo, que é fundamental nesse momento em que nos preparamos para a retomada gradual das atividades. Já estamos com três meses com restrições na nossa cidade e sabemos o quão difícil é conviver com essa realidade. É por isso que a gente reconhece o esforço de cada um que ouviu os nossos apelos e ficou em casa para que a gente possa caminhar de forma mais segura para o retorno”, ressaltou.

No último final de semana, o prefeito Firmino Filho editou decretos com medidas que incentivassem o isolamento social. Foi determinado o ponto facultativo nos órgãos públicos municipais na sexta-feira e ainda a restrição às atividades econômicas como supermercados, mercados, panificadoras, borracharias, entre outros, no sábado e domingo. No final de semana, ficaram autorizados a funcionar apenas farmácias e drogarias, serviços de saúde, segurança, vigilância, delivery exclusivamente para alimentação e órgãos e profissionais de comunicação.

Para garantir o cumprimento das medidas, a Guarda Municipal também atuou fazendo a fiscalização dos estabelecimentos e orientando a população em relação as medidas que deveriam ser adotadas. Somente no final de semana, mais de 300 estabelecimentos foram visitados pelas equipes da Guarda e de Fiscalização das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs). Somente em junho, mais de 6 mil estabelecimentos já foram vistoriados pela Guarda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *