No retorno ao River, Flávio Araújo terá de superar os próprios feitos

A aguardada volta de Flávio Araújo ao comando do River reforça o sonho da torcida tricolor com um novo acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. E muda a pressão que antes existia na comissão técnica tricolor. Antes, quem assumia o cargo tinha a cobrança para repetir o sucesso de Flávio “Sapinho”. Agora, o próprio treinador terá de lutar para superar seus próprios feitos.

Flávio Araújo já provou no River que pode ser campeão começando a temporada, como no acesso obtido em 2015, ou assumindo o time com o torneio em andamento, caso da conquista do Campeonato Piauiense de 2019.

Em 2020, o treinador terá de fazer as duas coisas: afastar o risco de rebaixamento no Campeonato Piauiense e preparar o novo grupo tricolor para brigar pelo acesso.

Nos últimos cinco anos, nenhum outro técnico teve o sucesso de Flávio Araújo no River. Todos os outros treinadores foram alvo de comparações com o antecessor, sem conseguirem ficar marcados – quem chegou mais perto disso foi Wallace Lemos, vice-campeão estadual em 2018, com um time que não era favorito ao título.

Flávio Araújo lutará para superar os próprios feitos no River e em um cenário incerto, sem saber quando começará a comandar os treinos, com torneios sem datas para acontecerem. É mais um desafio na carreira do treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *