Graça Amorim conversa com Firmino Filho sobre filiação ao Progressistas

A líder do prefeito na Câmara de Teresina, vereadora Graça Amorim, encontra-se sem partido. Ela deixou a presidência do Partido da Mulher Brasileira (MDB) depois que o partido não atingiu a cláusula de barreira na eleição de 2018.

Graça conversa agora com o prefeito Firmino Filho (PSDB) para escolher a melhor estratégia política para 2020, quando ela deve concorrer à reeleição. O caminho da líder do prefeito deve ser o Progressistas.

O prefeito tem uma forte ligação com a legenda que é presidida nacionalmente pelo senador Ciro Nogueira. “Temos o convite do Progressistas. É um partido que tenho meu irmão, deputado Hélio Isaias filiado, filiado. Estamos conversando com o prefeito Firmino Filho (PSDB) para saber qual é a melhor estratégia. É importante ir para um partido que eu tenha algum tipo de alinhamento. Não vou se não tiver nenhum alinhamento”, destacou.

Graça diz que a preocupação é porque as regras para o próximo ano mudaram. Os partidos não poderão realizar coligações proporcionais.

“Ainda não temos definição. A única certeza que tenho é que não concorrerei pelo PMB porque não cumpriu a cláusula de barreira. Inclusive já oficializei minha decisão de sair do partido. Tenho o desejo e vou mudar de partido para concorrer sobretudo porque não teremos mais coligações para coligação proporcional em 2020. Quero participar de uma legenda que possa ter o direito de competir e saber que aquela legenda vai fazer vereadores”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *