REAÇÃO A MORO: Fernando Henrique diz que Moro é homem sério, mas fala do fracasso de Collor com fusões de pastas; Juízes comemoram

(Brasilia-DF, 01/11/2018) O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse no twitter que Sérgio Moro, ao ser indicado para o Ministério da Justiça, é um “homem sério”. Disse que o preferia no Supremo Tribunal Federal.  Ele disse que se Moro vai combater a corrupção será bom para o País.  Por outro lado ele lembrou o fracasso do Governo Collor de Melo ao fundir vários ministérios. Foi na época de Collor que foi criado o Ministério da Economia.

“Moro na Justiça. Homem sério. Preferia vê-no STF, talvez uma etapa. Fusões de ministérios sim, com prudência. Já vimos fracassos colloridos. Torço pelo melhor, temo que não, sem negativismos nem adesismos. A corrupção arruina s política e o país. Se Moro a combater ajudará o país”, disse.

JUÍZES FELIZES

Os juízes estão felizes, naturalmente, com a chegada de um dos seus no Ministério da Justiça. Os juízes criminais e juízes federais divulgaram notas de apoio. Veja algumas dessas notas:

NOTA PÚBLICA

O FÓRUM NACIONAL DE JUÍZES CRIMINAIS – FONAJUC, pautado no aperfeiçoamento do Sistema de Justiça Criminal e na aplicação do garantismo integral que contempla o direito da vítima e da sociedade, além da

valorização da Magistratura nacional e dos demais profissionais que atuam na seara criminal, vem a público externar o seu apoio à indicação do Juiz Federal SÉRGIO FERNANDO MORO para o cargo de Ministro da Justiça, a partir de 1º de janeiro de 2019.

Em seus vinte e dois anos de serviço ao Poder Judiciário, o Juiz Federal SÉRGIO FERNANDO MORO destacou-se pela coragem, independência, serenidade e imparcialidade no exercício da função, exaltando a Magistratura nacional e internacionalmente.

Os magistrados integrantes do FONAJUC parabenizam-no pela indicação e compartilham a confiança da população de que continuará prestando excelentes serviços à nação em suas novas atividades, certos de que buscará o aperfeiçoamento do Poder Judiciário e de que continuará lutando contra a corrupção e por um país mais justo e igualitário.

Juíza Rogéria Epaminondas

Presidente do FONAJUC

( da redação com informações de Twitter e de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *