Grêmio volta à Argentina para evitar novo sufoco

O Grêmio inicia mais um duelo contra argentinos nesta terça-feira (18), às 21h45 (de Brasília), pela Taça Libertadores da América. A equipe gaúcha encara o Atlético Tucumán, no estádio José Fierro, em Tucumán, tentando evitar o sufoco da etapa anterior.

Nas oitavas de final, o Grêmio foi derrotado pelo Estudiantes fora de casa por 2 a 1. Com isso, precisou devolver o placar em Porto Alegre, com o gol da vitória marcado nos acréscimos, para conquistar a vaga na disputa por pênaltis.

Embora o grupo principal esteja descansado, já que os titulares foram poupados na vitória sobre o Paraná Clube, no sábado (15), o Grêmio tem problemas no ataque. O time gaúcho atuará sem um centroavante, pois Jael foi submetido a uma cirurgia no joelho direito, e André tem uma lesão na panturrilha da perna direita. Thaciano e Alisson disputam a posição.

Isso, porém, não abala o técnico Renato Gaúcho, que aposta no estilo na experiência do atual campeão da Libertadores. “O Grêmio é um time que cresce bastante no momento decisivo e encarna o espírito da competição. E são nessas fichas que estou apostando. Tenho confiança nos jogadores, e estamos mais um ano brigando pelo título da Libertadores.

“O Grêmio tem outras duas alterações em relação ao time que eliminou o Estudiantes. Na lateral direita, Léo Moura, que atuou diante do Paraná, deixa seu lugar para Leonardo. No meio-campo, Jaílson foi vendido para o Fenerbahce, da Turquia, e será substituído por Cícero.

Nem mesmo o fato de enfrentar um adversário forte quando atua como anfitrião preocupa Renato Gaúcho. Na primeira fase, o Tucumán venceu dois de suas três partidas em casa. Nas oitavas de final, fez 2 a 0 no Nacional de Medellín, placar que foi decisivo para levar a melhor no confronto.

“É um time argentino, tem garra, malandragem, vontade, uma Bombonera que é o estádio deles. Mas meu grupo está preparado, não vai começar a decidir agora, está acostumado a decidir, jogar jogos importantes com casa cheia, seja em Porto Alegre ou na casa do adversário. As dificuldades, em se tratando de uma Libertadores, de um time argentino, são normais. Mas estamos preparados para isso.”

A partida de volta está marcada para o dia 2 de outubro, na Arena do Grêmio. O vencedor desse confronto encara nas semifinais o ganhador do duelo argentino entre Independiente e River Plate.

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Leonardo, Geromel, Kannemann, Cortez; Maicon, Cícero, Ramiro, Luan; Thaciano (Alisson), Everton. T.: Renato Gaúcho

ATLÉTICO TUCUMÁN

Luccheti; San Román, Bianchi, Cabral, Patrón; Acosta, Mercier, Aliendro, Noir; Rodríguez, Díaz. T.: Ricardo Zielinski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *