Piauí é o 2º estado com menor número de emissões da CNH Digital

719662481741c8c5ab693ee9693e3b91

Lançada há 9 meses, a versão digital da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ainda não “pegou”. Apenas 0,4% dos condutores brasileiros conseguiram a adesão, segundo reportagem publicada pela Folha de São Paulo. No Piauí, somente 354 condutores têm a CNH Digital. Apenas o Amapá emitiu menos: 219.

No país inteiro, foram emitidos 220 mil documentos. Para tirá-lo, é preciso já ter ou solicitar uma CNH com QR Code. Apesar do amplo acesso da população a celulares e da promessa de segurança e comodidade com a nova tecnologia, a difusão da CNH Digital enfrenta entraves como desinformação, trâmites burocráticos e, em alguns casos, cobranças controversas.

O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) diz que cada Detran pode realizar a cobrança de forma autônoma, sem intervenção federal.
Na maioria parte do país, a CNH Digital é gratuita — já que é uma versão para celular da habilitação já emitida em papel. Alguns estados, porém, decidiram cobrar pelo serviço.

Foi o caso do Piauí, onde a carteira eletrônica foi lançada ao custo de R$ 222,07, mas, após forte resistência de usuários, houve recuo do governo local, que passou a oferecer a isenção.

Um dos pontos que tem gerado mais reclamações é a obrigatoriedade da ida a uma unidade do Detran (departamento de trânsito) para habilitar a utilização mesmo após já ter comparecido ao órgão para obter a versão impressa. Há ainda queixas ainda sobre dificuldades de acesso ao aplicativo e preocupações com taxas e a segurança dos dados.

VEJA COMO OBTER A SUA CNH DIGITAL
1 – Veja se sua CNH já possuiu o QR Code. Se não tiver, você precisará tirar uma 2ª via no Dentran
2 – Faça o cadastro no portal de serviços do Denatran
3 – Vá até o Detran para validar seu cadastro e atualizar seus dados
4 – Com o cadastro atualizado no Detran, gere um código de ativação no site do Denatran
5 – Baixe o app e insira o código de ativação
6 – O app te pedirá para criar uma senha, de 4 dígitos, que será solicitada quando você quiser acessar o documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *