“O PT não está pedindo voto de ninguém”, diz Assis Carvalho

O Partido dos Trabalhadores (PT) se prepara para o encontro da sigla que irá ocorrer nos dias 21 e 22 de julho. Os delegados com poder de voto na legenda irão decidir sobre a proposta de chapa pura proporcional ou chapão.

Segundo o presidente do PT no Piauí, deputado Assis Carvalho, o partido não irão recuar da proposta de chapa pura. “Quem vai decidir são os delegados do PT. Ainda que eu concordasse com essa tese seria derrotado. É perder tempo pensando que poderemos mudar a posição dos 250 delegados. Isso não muda”, disse.

Assis afirma ser o direito do partido seguir com chapa pura. Segundo ele, o partido não “está pedindo voto de ninguém”. “O PT não está pedindo um voto de ninguém. Não é justo o PT ter uma quantidade de votos e parte desses votos ser passado para um partido só porque é aliado. Isso é uma maldade. O cara votar no PT e beneficiar outro nome. Isso não vamos fazer”, destacou.

O presidente do PT nega que o desejo do partido seguir com chapa pura cause crise na base. Segundo ele, essa é uma reivindicação apenas do MDB. “Só o MDB. O MDB fica forçando um debate. Estive com o senador Ciro e ele disse que não faz questão do chapão. Se tiver chapão teria que ser com o PT. Estive com o PTB do mesmo jeito, com o PR do mesmo jeito. Quem são os líderes da base? Só o MDB tentando forçar que são outros partidos”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *