Júlio Arcoverde revela plano “B” do Progressistas para chapa proporcional

O presidente do Progressistas no Piauí, deputado Júlio Arcoverde, afirma que o partido tem um plano “B” caso o chapão proporcional não se consolide. Júlio afirma que a legenda já conversa com um grupo de partidos.

“Temos um acordo verbal com outros partidos. Vamos criar um chapão misto, meio chapão”, declarou.

Devem participar do grupo pelo menos cinco legendas. Além dos Progressistas, participarão PTB, PSD, PRB, PR. “Já temos esse acordo de marchamos juntos no caso do PT não formar essa chapa proporcional com os outros partidos da base”, disse.

Segundo ele, o partido defende o chapão. “Sempre defendemos que a aliança proporcional fosse tratada primeiro que a majoritária. Primeiro tem que ter a base para depois ter o teto de uma casa. Mas houve essa decisão do governador de um candidato por cada partido. Acolhemos essa ideia dele e vamos defender o chapão. Acredito que para a reeleição do governador, o mais interessante é o chapão de todos os partidos, que estão apoiando o governador”, disse.

De acordo com ele, o partido confia na palavra do governador. “O governador tem adiantado nas conversas que tem trabalhando e mostra muita segurança na formação do chapão. Ele nos leva a entender que está muito confiante na formação do chapão. Não custa nada acreditar e dar esse voto de confiança e experiência que ele tem. O governador já tem três mandatos e tem experiência na formação desse time”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *