BALANÇO – Congresso votou projetos que estão melhorando o ambiente de negócios e ajudando na retomada do crescimento, afirma Laércio Oliveira

Brasília-DF, 28/12/2017) No ano de 2017 o Congresso Nacional prestou um grande serviço à sociedade votando projetos importantes que estão melhorando o ambiente de negócios e ajudando na retomada do crescimento do Brasil.

É assim que o deputado federal Laércio Oliveira (SD-SE) avalia a produção do Legislativo este ano.

O parlamentar sergipano, que foi o relator da lei da terceirização, também discorreu sobre projetos de sua autoria que foram apresentados, discutidos e aprovados pelo Plenário.

Oliveira destaca na sua atuação parlamentar a Mobilização Nacional contra o Aumento do PIS/Cofins que realizou na Câmara dos Deputados.

“Reuni o setor de serviços do Brasil, que representa 70% do PIB para se mobilizar contra a proposta do governo de aumento de impostos em diversos segmentos da economia, o que significaria aumento de preços de passagens de ônibus, de avião, escolas, serviços de telefonia e internet, entre outros”, disse o deputado nesta entrevista exclusiva à Agência Política Real, que publicamos a seguir.

POLÍTICA REAL – Qual a avaliação que o senhor faz do trabalho do Congresso Nacional este ano?

O Congresso esse ano prestou um grande serviço à sociedade votando projetos importantes que estão melhorando o ambiente de negócios e ajudando na retomada do crescimento do Brasil. Até abril deste ano, nós tínhamos demissão de cerca de 100 mil pessoas por mês. Após a aprovação do teto dos gastos, da regulamentação da terceirização e a discussão da Reforma Trabalhista, esses números começaram a mudar e a tivemos alta de emprego todos os meses. Muito ainda deve ser feito para que o Brasil volte a crescer, mas os números indicam que estamos no caminho certo.  Acho que um grande desafio para o Brasil agora é a reforma tributária, visto que redução do custo Brasil é imprescindível para a manutenção dos investimentos no País e da competitividade das empresas estrangeiras e brasileiras instaladas aqui.

POLÍTICA REAL – Na sua opinião, que projetos/medidas aprovados pela Câmara dos Deputados em 2017 foram de grande relevância?

Como falei anteriormente, projetos que melhoraram o ambiente  de negócios no Brasil.

POLÍTICA REAL – Das propostas de sua autoria apresentadas este ano, quais as que o senhor destaca?

Acredito que tenha sido a Mobilização Nacional contra o Aumento do PIS/ Cofins que realizei na Câmara dos Deputados. Reuni o setor de serviços do Brasil, que representa 70% do PIB para se mobilizar contra a proposta do governo de aumento de impostos em diversos segmentos da economia, o que significaria aumento de preços de passagens de ônibus, de avião, escolas, serviços de telefonia e internet, entre outros. Outra consequência dessa proposta era que de cada dez postos de trabalho, dois seriam encerrados porque as empresas teriam um aumento de custo que podia chegar a cinco pontos percentuais sobre seu faturamento. Poderíamos ter um desemprego de dois milhões de pessoas justamente numa época em que estamos querendo retomar o emprego.

Essa Reforma representaria um aumento significante de impostos, embora estivesse travestida de uma ideia de simplificação tributária. A gente não tem ambiente para aumento de impostos. O caminho é gestão eficiente do gasto público. E esse mês o governo resolveu retirar o setor de serviços da reforma graças a pressão que realizamos.

POLÍTICA REAL – O que esperar do Legislativo em 2018? Que temas de interesse do País não podem ficar de fora da pauta?

Acho que a Câmara dos Deputados enfrentará dois temas cruciais para a retomada do crescimento do país: as reformas Tributária e da Previdência. Ambas muito polêmicas e complexas.

(Por Gil Maranhão. Agência Política Real. Edição: Genésio Jr.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *