Mutirão de cirurgias de catarata atende 100 pacientes em Buriti dos Lopes

foto_3285_16515.JPG.360x243_q85

Em mais uma etapa do grande Mutirão de Cirurgias Eletivas, a Secretaria de Estado da Saúde realizou, neste sábado (2), 100 cirurgias de catarata no, Hospital Estadual Dr. Mariano Lucas de Sousa, em de Buriti dos Lopes. Além dos moradores da cidade, o mutirão beneficia comunidades das cidades de Cocal dos Alves, Murici dos Portelas, Bom Princípio, Caraúbas, Caxingó e Cocal da Estação. Hospital Estadual Dr. Mariano Lucas de Sousa foi totalmente reformado, em recente intervenção da Secretaria da Saúde do Estado (Sesapi), e será inaugurado oficialmente neste domingo (3), pelo governador Wellington Dias e o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Em visita ao Hospital durante o mutirão, a vice-governadora Margarete Coelho comemorou os bons resultados que muitos pacientes relatavam. “É um momento importante para nós que trabalhamos para a sociedade. Iremos entregar esse hospital, um benefício para a região da Planície Litorânea, uma obra bem feita, bem acabada, levando à população saúde mais perto de casa e com qualidade. Retornar ao município e presenciar essas cirurgias, fruto do nosso trabalho, nos motiva a fazer mais por todos os municípios piauienses. Ao realizar esse mutirão aqui, com cirurgias de catarata, é uma grande conquista e uma melhor qualidade de vida aos piauienses”, comemora.

A visita também foi acompanhada pelo senador Ciro Nogueira e parlamentares estaduais e federais, além do prefeito Junior Percy e o do secretário Florentino Neto, que acompanhou alguns procedimentos cirúrgicos. “É muito gratificante poder dar essa oportunidade de devolver a visão”, afirma.

Quem também comemorou foi o trabalhador rural Luiz dos Santos (67), de Caxingó, que recuperou a visão e comemorou o quanto rejuvenesceu, podendo retornar atividades que antes já não podia fazer, como ir a roça. “Renovou a minha vida em 30 anos. Tô enxergando mesmo. Vou poder fazer serviços que eu já não podia fazer e que agora eu vou poder fazer, como meu plantio de arroz”, relata.

Seu Luiz foi um dos 230 pacientes que, na sexta-feira (1), fez a consulta de avaliação, tendo o agendamento para o procedimento marcado para o sábado (2). O mesmo fez seu José Cardoso (77), de Cocal da Estação, que há três anos começou a perder a visão. Além da perda da visão por conta da catarata, seu José tem outras limitações, como deficiência auditiva e mobilidade motora reduzida, o que o mantém a maior parte do dia numa cadeira de rodas.

O filho dele, Jeferson Cardoso, conta que todos da família esperavam pela cirurgia há algum tempo e já comemoram a nova vida que o pai vai passar a ter. “O retorno da visão será um alívio para a vida dele, pra ele ter um pouco mais de conforto. Ele sabe ler e escrever, mas por conta da diminuição da visão, não faz mais nada. Com a recuperação da visão, ele vai poder vivenciar muitas coisas boas pela frente”, afirma emocionado.

Todos os pacientes receberam gratuitamente kits compostos por óculos e colírio. A avaliação do pós-operatório será realizada ainda no domingo, no próprio Hospital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *