Category Archives: Nacional

Para Weverton Rocha, adiamento da votação da reforma da Previdência “é vitória dos trabalhadores”

i (1)

Brasília-DF, 14/12/2017) “É uma vitória do trabalhador brasileiro”. Foi assim que o líder da bancada do PDT na Câmara Federal, deputado Weverton Rocha (MA), classificou, nesta quinta-feira, 14, o adiamento da votação da reforma da Previdência para fevereiro de 2018.

PF cumpre mandado na casa do governador do TO

pf-cumpre-mandado-na-casa-do-governador-do-to-239203

Oficiais da Polícia Federal estiveram na manhã desta quarta-feira (13) na casa do governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), e da primeira-dama, a deputada federal Dulce Miranda (PMDB), alvo da operação Ápia, para cumprir mandados de busca e apreensão.

CPMI DA JBS – Marun pede indiciamento de Rodrigo Janot e projeto que proíbe celebração de acordos de delação premiada com acusados presos

i
  • (Brasília-DF, 12/12/2017) O deputado federal Carlos (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga as irregularidades do grupo JBS, apresentou nesta terça-feira, 12, o seu parecer.

Cerca de R$ 650 milhões serão devolvidos à Petrobras

cerca-de-r-650-milhoes-serao-devolvidos-a-petrobras-segundo-mpf-238942

Cerca de R$ 650 milhões serão devolvidos à Petrobras, graças aos acordos de colaboração e de leniência firmados durante a operação Lava Jato. A informação foi confirmada pela Procuradoria-geral da República, nesta terça-feira (5).

J. Hawilla diz ter pago propina para seleção usar titulares em torneio

j-hawilla-diz-ter-pago-propina-para-selecao-usar-titulares-em-torneio-238917

Uma das testemunhas mais aguardadas no julgamento do escândalo de corrupção da Fifa, o brasileiro José Hawilla, dono da empresa de marketing esportivo Traffic e réu confesso no caso, afirmou em Nova York que pagou propina a cartolas latino-americanos, entre eles o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira, ao longo das últimas três décadas.

Reforma da Previdência deve ser adiada

enquete-feita-pelo-matutino-entre-os-dias-27-e-30-de-novembro-mostra-que-apenas-38-parlamentares-238841

O governo Michel Temer ainda não tem os votos necessários para aprovar a Reforma da Previdência e, por causa disso, líderes da base aliada pretendem adiar a votação para 2018.
Segundo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), “ainda falta muito voto” para garantir que as mudanças no regime previdenciário passem.